Quem sou eu

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Apaixonado por literatura!

sábado, 27 de novembro de 2010

INVASÃO

Como um velho arquipélago sagrado,
perdido em meio ao mar, ermo, deserto,
meu coração, distante e sossegado,
somente à solidão mantém-se aberto.

Qual fosse um visitante indesejado,
teu coração o meu tem descoberto,
intruso, impertinente e desastrado,
roubando o meu sossego outrora certo.

E vem trazendo um turbilhão consigo
a revolver meu solo incauto e virgem
e a destroçar a paz que eu possuía...


Mas, vem de um modo estranhamente amigo
e traz-me a sensação de uma vertigem
que oscila entre a repulsa e a euforia!

Um comentário:

  1. Lindo! comove a alma, toca o espirito... de forma sutil nos faz lembrar como amar pode ser doce e amargo ao mesmo tempo. Deliciosamente opostos...mas impossível vivem sem ele.. .

    ResponderExcluir