Quem sou eu

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Apaixonado por literatura!

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

DISSIMULAÇÃO

Quando o silêncio lúgubre da voz
supera a trama da palavra dita
e os olhos (lume do que existe em nós)
trazem à tona  o que a razão evita,

já não há como sermos, mesmos sós,
ilha remota onde ninguém habita...
O pensamento é um pássaro veloz
fugindo ao logro que a voz premedita.

Por mais que a convenção nos recrimine,
o nosso olhar é sempre uma vitrine
fiel às pretensões do coração...

Por mais que se procure adestramento,
ninguém consegue impor ao pensamento
as mesmas leis impostas à razão!

Um comentário:

  1. Encantada com o poema, amigo Roberto.

    "O pensamento é um pássaro veloz..."

    Minha mente processa os pensamentos de maneira tão rápida, que mal consigo concentrar-me naquilo que estou fazendo.
    Parabéns pelo espaço!
    Meu abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir